Aprenda a tratar a celulite e conquistar uma pele mais bonita

Compartilhe com seus amigos!

Se você sofre com a celulite, saiba que não é a única: cerca de 95% das mulheres adultas de todo o mundo enfrentam esse problema.

Apesar de não ser uma doença, a celulite pode incomodar bastante e influenciar negativamente a autoestima.

Então, para te livrar dos furinhos de uma vez por todas, compilamos tudo sobre o assunto neste artigo. Assim, você pode consultar sempre que precisar relembrar as dicas para acabar com a celulite!

Gostou da ideia? Leia o artigo até o fim e compartilhe com aquela amiga que também deseja uma pele mais bonita.

O que é celulite?

A celulite é uma inflamação no tecido celular que forma um depósito de gordura na pele.

celulite

Embora também apareça nos homens, a Lipodistrofia Ginoide (termo científico para designar a celulite) é mais comum nas mulheres porque ocorre em locais do corpo em que a gordura é afetada pelo hormônio feminino, que estimula o acúmulo de líquidos na região.

Mais frequente nas coxas e nádegas, a celulite também pode afetar outras partes do corpo, tudo depende do tamanho das células de gordura que estão nas camadas superficiais de cada uma delas.

Como aumento da gordura se torna perceptível, a celulite se apresenta como furinhos e ondulações na pele e é classificada em tipos e graus diferentes de acordo com a sua evolução.

Tipos de celulite

  1. Adiposa: é o famoso efeito casca de laranja formado pelo aumento de gordura;
  2. Edematosa: formada pela má circulação e retenção de líquidos, pode ser dolorosa e causar problemas linfáticos se não tratada;
  3. Fibrosa: apresenta furinhos mais severos e aparentes formados pela retenção de toxinas e resíduos metabólicos nas células, como o colágeno endurecido.

Graus de classificação da celulite

  1. Grau I: é a celulite mais leve, que só aparece quando a pele é pressionada porque ainda é interna;
  2. Grau II: é a celulite já aparente sem a necessidade de compressão da pele, dá um aspecto “fofo” para a região;
  3. Grau III: pele apresenta nódulos bem visíveis e talvez dor e inchaço no local;
  4. Grau IV: gomos mais grossos que comprometem a circulação e resultam em dor e inchaço.

Principais causas da celulite

A genética é uma das principais causas da celulite. Até mesmo a etnia e biotipo podem estar ligados ao aparecimento dos furinhos: as mulheres brancas têm mais celulites, por exemplo.

O uso de anticoncepcional desencadeia o aparecimento do problema, pois aumenta os níveis de estrogênio no sangue. Essa alteração hormonal aumenta a retenção de líquidos e resulta em ondulações na pele e aspecto acolchoado.

Sedentarismo também é uma das principais causas para celulite porque a falta de exercícios físicos aumenta as camadas de gordura do corpo e acelera o processo de inflamação do tecido celular.

A falta de colágeno pode contribuir para que os furinhos surjam nas coxas, nádegas e braços. Essa proteína é responsável por promover a firmeza e hidratação da pele de dentro para fora. Sem ela, a sustentação do tecido gorduroso é prejudicada e as celulites ganham espaço na pele.

celulite na coxa

Fumar e consumir bebidas alcoólicas também propiciam o acúmulo de toxinas nas células e podem ser causas importantes para o aparecimento do problema.

Fora todos esses fatores, a má alimentação é uma grande vilã, pois existem vários alimentos que podem agravar a celulite.

Alimentos que causam celulite

  • Doces;
  • Embutidos;
  • Frituras;
  • Refrigerantes;
  • Carboidratos;
  • Café;
  • Salgadinhos;
  • Biscoitos e bolachas.

comidas que causam celulite

Resumidamente, alimentos ricos em gorduras, açúcares e industrializados aumentam as celulites porque prejudicam a circulação, aumentam o inchaço e a desidratação. Por esse motivo, se você já tem tendência a ter celulite, evite consumir os alimentos citados acima.

Tratamentos para celulite

O primeiro passo é investir em uma alimentação saudável e natural. Maçã e cebola são antioxidantes e ajudam a eliminar as toxinas que dilatam as células. Outros alimentos que ajudam a combater os temidos furinhos são: oleaginosas, alimentos ricos em ômega 3, folhas verde-escura, alimentos com fibras e frutas vermelhas.

A nutrição estética também é importante no combate a celulite. Através de nutricosméticos a base de colágeno Verisol, é possível reduzir o aspecto de casca de laranja. Pois, ao invés de tratar apenas o excesso de gordura, o colágeno Verisol restaura a estrutura da pele e dos tecidos subcutâneos.

O Bioplus é um exemplo de produto que conta com colágeno Verisol na composição e auxilia na redução das celulites, eliminando as ondulações com apenas 3 meses de uso.

bioplus

Além disso, ajuda no tratamento da celulite fibrosa ao incentivar a síntese correta de colágeno no organismo.

Já o uso de dermocosméticos auxilia na quebra da gordura local e estimula a hidratação e a circulação na camada superficial da pele. Sendo assim, precisa estar associado a alimentação saudável para apresentar bons resultados. Há centenas de cremes próprios para o tratamento das celulites, então consulte sempre um dermatologista antes de adquirir o seu.

A drenagem linfática elimina os líquidos em excesso do corpo, assim como a massagem modeladora, pois atua no sistema linfático e acelera o metabolismo. Esse é um dos tratamentos mais indicados para os graus mais leves de celulite.

Existem ainda outros tratamentos estéticos, além das massagens, que ajudam a prevenir a celulite e deixar a pele mais lisa, firme e elástica como a radiofrequência, carboxiterapia, mesoterapia e laser. A cada dia o mercado de estética avança mais nesse assunto.

3 dicas de exercícios para eliminar a celulite

Você já percebeu que a celulite não é um problema tão simples de resolver. E de nada adianta comer bem e fazer vários procedimentos. Se você for sedentária, a celulite vai te perturbar.

pernas sem celulite

Pensando nisso, separamos 3 dicas de exercícios para você começar a praticar hoje mesmo e dar tchau para os furinhos nas pernas:

  1. Caminhada: caminhar melhora a circulação, a renovação celular e elimina as toxinas que causam o aumento dos adipócitos;
  2. Andar de Bicicleta: esse exercício tem foco na movimentação da parte inferior do corpo, que é mais afetado pelo acúmulo de gordura. A prática ajuda a tonificar os músculos da perna e evitar o depósito de gordura;
  3. Agachamentos: outro exercício que tonifica e fortalece pernas e glúteos e combate a celulite enquanto promove o aumento de massa muscular.

Agora você sabe que com uma rotina mais saudável e uma suplementação adequada, é possível amenizar as celulites e recuperar a sua autoestima!

Compartilhe com seus amigos!

Citação: "A celulite é uma inflamação no tecido celular que causa um depósito de gordura sob a pele. "
Atenção: O tratamento da celulite está liga a nutrição estética, exercícios físicos e boa alimentação.

Detalhes: O uso de nutricosméticos a base de colágeno Verisol ajuda a combater a celulite e a renovar o tecido celular.

Recomendamos o melhor colágeno de 2020:
Avane Skin da Biosanté

(com Verisol + Ácido Hialurônico)

descontos de até 41% para leitores

Deixe um comentário