O que fazer para eliminar a dor no pulso?

Compartilhe com seus amigos!

A dor no pulso geralmente está ligada a problemas nas articulações do punho. Conviver com esse incômodo pode prejudicar não só a qualidade de vida, mas também a sua movimentação ao realizar atividades simples do dia a dia.

Se você quer descobrir as causas por trás desse problema e como eliminar a dor no pulso de uma vez por todas, acompanhe o artigo até o final.

Boa leitura!

Causas da dor no pulso

causas da dor no pulso

Existem diversas causas para a dor no pulso. Lesões, batidas e distensões são algumas das explicações para esse desconforto, mas em geral duram por pouco tempo.

Contudo, quando a dor é constante, pode ser consequência de uma inflamação ou acúmulo de líquidos nas bursas que amortecem as articulações do punho, trazendo quadros de tendinite (o famoso pulso aberto), artrite e bursite.

Com a chegada do “novo normal”, influência do coronavírus, as pessoas tiveram que se adaptar a resolver os problemas do dia a dia de forma online para evitar o contato com outras pessoas, forçando o uso repetitivo das articulações do punho ao utilizar computadores, tablets e celulares. Esse é apenas um exemplo de atividade que pode forçar o uso das articulações radio-ulnar distal e rádio-cárpica.

Se você ligou os pontos mencionados acima, já percebeu que as dores no punho estão relacionadas principalmente a problemas articulares. Isso acontece porque à medida que envelhecemos, perdemos aos poucos a proteção das nossas articulações. Essa proteção é a cartilagem, que tem a função de sustentar e amortecer as articulações dos atritos entre os ossos.

A cartilagem é formada principalmente por colágeno tipo 2, uma proteína produzida pelo nosso organismo. Contudo, quanto mais envelhecemos, menos colágeno o nosso corpo produz. Dessa forma, as cartilagens se tornam mais frágeis e não conseguem revestir as articulações, que se desgastam e causam dor no pulso, dor no joelho e em outras partes do corpo.

Dor no pulso: como tratar?

como tratar dor no pulso

Antes de iniciar o tratamento para acabar com a dor no pulso, o ideal é consultar um especialista, como um ortopedista ou fisioterapeuta, que identifique a causa raiz do problema e indique as melhores opções de tratamento para o seu caso em específico

Separamos abaixo os tratamentos mais comuns para eliminar o desconforto no punho. Confira:

  1. Compressa gelada: ao aplicar compressas de gelo no pulso, você reduz o nível de inflamação e estimula a circulação do sangue na região, aliviando inchaços também;
  2. Repouso: descansar a articulação, diminui a intensidade da dor no pulso. Estabeleça horários do dia para manter essa parte do corpo em repouso;
  3. Imobilização: assim como no caso do repouso, imobilizar o punho pode ajudar a reduzir a dor no pulso e o desgaste da articulação. O ideal é utilizar uma munhequeira ou tala que evitem o máximo a movimentação da região;
  4. Medicamentos: se a sua dor no pulso for fruto de uma inflamação, o uso de medicamentos anti-inflamatórios vai combater o problema e aliviar os incômodos. É comum também o uso de analgésicos, que causem o efeito anestésico na região da dor;
  5. Fisioterapia: com os exercícios corretos é possível fortalecer os tecidos que formam o pulso, como os tendões, cartilagens e músculos, reduzindo as dores e melhorando a mobilidade;
  6. Cirurgia: nos casos mais graves de dor no pulso, os ortopedistas costumam recomendar a realização de uma cirurgia. A cirurgia pode variar conforme a causa do problema, indo desde a remoção de líquidos até a reconstrução das cartilagens.

Como prevenir a dor no pulso?

como prevenir dor no pulso

Felizmente, a dor no pulso é um problema evitável, ou pelo menos que pode ser postergado através de atitudes bem simples. Separamos abaixo alguns hábitos que você pode adotar agora mesmo e prevenir a dor no pulso:

  • Tomar colágeno: visto que as principais causas da dor no pulso estão relacionadas com inflamações nas articulações, você pode realizar a suplementação com colágeno tipo 2 para fortalecer as suas cartilagens e evitar problemas nessa região. Além de reduzir as inflamações que causam as dores articulares, o suplemento de colágeno fortalece o metabolismo ósseo e estimula a produção natural da proteína;
  • Fazer exercícios de fortalecimento: existem algumas ferramentas no mercado como alicates, exercitador e bolas para fortalecimento das mãos e dos pulsos. Adquira um desses itens e monte um cronograma de fortalecimento da região. Importante contar com a ajuda de um orientador físico ou fisioterapeuta para não acabar prejudicando as articulações do punho;
  • Tomar ácido hialurônico: assim como o colágeno, o ácido hialurônico também sofre uma queda na produção natural e precisa ser reposto para cumprir suas funções no organismo. Esse nutriente é capaz de melhorar a lubrificação das articulações e, portanto, evitar os atritos entre a radio-ulnar distal e rádio-cárpica. Por isso, investir em um nutricosmético a base de ácido hialurônico vai garantir bons anos livres de dores articulares;
  • Evite fazer movimentos repetitivos: se você trabalha digitando, com celular ou realizando qualquer tarefa que exija o esforço repetitivo da articulação do punho, estabeleça um limite para a atividade. O desgaste só pode ser vencido com prevenção.

Com essas dicas fica mais fácil evitar o sofrimento causado pela dor no pulso e garantir a mobilidade saudável dessa articulação por muitos anos!

Compartilhe com seus amigos!

Citação: "A dor no pulso pode ser evitada através de exercícios de fortalecimento, suplementação com colágeno tipo 2 e ácido hialurônico e o controle de atividades repetitivas. "
Atenção: Fisioterapia, repouso, compressa gelada e imobilização podem aliviar a dor no pulso.

Detalhes: A dor no pulso geralmente está relacionada com o desgaste e inflamações nas articulações do punho.

Recomendamos o melhor colágeno de 2020:
Avane Skin da Biosanté

(com Verisol + Ácido Hialurônico)

descontos de até 41% para leitores

Deixe um comentário