Saiba tudo sobre a elastina e seus benefícios

Compartilhe com seus amigos!

A elastina é uma proteína que fornece elasticidade para os tecidos dos seres vivos, em especial os humanos. Apesar da presença menor que a do colágeno nas fibras elásticas, é essencial para a estruturação e sustentação da pele, artérias e outras partes do nosso corpo.

o que e elastina

Assim como as demais proteínas, o corpo produz naturalmente a elastina, principalmente na juventude. Entretanto, como os níveis de produção caem por volta dos 25 anos, é importante estimular a produção e encontrar novos meios de repor a substância no organismo.

Para entender melhor a importância da elastina e os benefícios dela para a sua saúde e beleza, continue a leitura!

Para que serve a elastina?

Como mencionado acima, a elastina exerce uma função estrutural no corpo. Ela serve para dar elasticidade para a nossa pele, permitindo que ela se estique e possa voltar ao natural sem danos.

Em conjunto com o colágeno também promove a sustentação e firmeza da pele, evitando a flacidez, rugas e linhas de expressão. Por esse motivo, os produtos que ajudam a combater os sinais de envelhecimento, costumam trazer essas duas proteínas na fórmula, já que uma precisa da outra para exercer corretamente a sua função.

A proteína também atua nas extensões da pele, como os cabelos.

elastina no cabelo

A elastina no cabelo aumenta a resistência dos fios, a elasticidade e a flexibilidade. Dessa forma, com os níveis de elastina equilibrados, o cabelo consegue suportar melhor as agressões externas como a química e o tempo (sol e umidade, por exemplo).

Benefícios da elastina

beneficios elastina

Como você pode perceber, a elastina é essencial para você que deseja evitar os sinais do envelhecimento. Confira abaixo um compilado de todos os benefícios dela para o seu corpo:

  • Melhora a aparência do cabelo;
  • Aumenta a elasticidade da pele;
  • Evita o aparecimento de rugas e linhas de expressão;
  • Aumenta a resistência dos fios;
  • Ajuda na manutenção das paredes das artérias;
  • Promove a saúde dos pulmões;
  • Ajuda na resistência dos ligamentos, evitando problemas nas articulações.

Como repor a elastina?

como repor elastina exercicios

Como o nosso corpo não consegue produzir elastina da forma que deveria a medida que envelhecemos, precisamos adotar algumas medidas para estimular essa produção natural e até mesmo para repor a substância:

  • Suplemento de elastina: tomar suplementos é a forma mais eficiente de repor não só elastina, mas também outros nutrientes importantes para a saúde. No mercado brasileiro existem diversos nutricosméticos feitos com a substância, como a elastina hidrolisada. Contudo, você também pode optar por outros tipos de suplementos: o de silício orgânico, por exemplo, acelera o metabolismo da elastina e de colágeno no organismo, potencializando os efeitos das proteínas para a pele;
  • Uso de cremes: a elastina não pode ser absorvida pela pele, apenas pela corrente sanguínea através da alimentação. Entretanto, o uso de cremes a base de colágeno, vitamina A, ácidos (como o retinóico) ajudam no metabolismo da elastina. Ou seja, quanto mais você hidrata a sua pele por fora, mais a elastina consegue desempenhar a função dela por dentro;
  • Através da alimentação: não é segredo que o modo como nos alimentamos influencia diretamente nas nossas necessidades internas. Por isso, investir em uma alimentação rica em ômega 3, antioxidantes e vitamina C contribui para a síntese da elastina e também evita a degradação da proteína no organismo. Veja abaixo 10 exemplos de alimentos que auxiliam na reposição da elastina:
  1. Fígado;
  2. Ovos;
  3. Laranja;
  4. Acerola;
  5. Brócolis;
  6. Couve;
  7. Peixes;
  8. Camarão;
  9. Uvas;
  10. Azeite de oliva.

Essa também é uma opção para pessoas adeptas do vegetarianismo ou veganismo, visto que é possível encontrar opções fora do mundo animal para consumir. Quando se trata de suplementos, a maioria extrai a elastinas dos bovinos. Por isso, verifique sempre o rótulo dos produtos, a fim de garantir que eles são 100% livres de insumos animais.

  • Exercícios faciais: existem alguns exercícios que estimulam a produção de colágeno e elastina no rosto e no corpo. Ao consultar um dermatologista, ele pode indicar uma rotina de exercícios capaz de estimular a síntese de proteínas e amenizar rugas e linhas finas;
  • Proteger-se do sol: a exposição solar sem proteção causa o fotoenvelhecimento, o que já é mais que suficiente para fugir dele nos horários inadequados. Além disso, esse contato com o sol faz com que os radicais livres atuem com mais força nas nossas células, destruindo as fibras de colágeno e elastina responsáveis pela nossa jovialidade;
  • Não fumar: fumar envelhece mais que qualquer outro hábito nocivo. O tabagismo impede a produção de novas fibras de elastina e colágeno e ainda destrói as existentes. Assim como o sol, também pode contribuir para a proliferação dos radicais livres.

Gostou de saber mais sobre a função da elastina e seus benefícios? Então aproveite para conferir tudo o que a biotina pode fazer pelo seu organismo neste artigo.

Compartilhe esse conteúdo com seus amigos e contribua para que eles se mantenham jovens e bonitos por mais tempo!

Compartilhe com seus amigos!

Citação: "A elastina é uma proteína que, em conjunto com o colágeno, fornece elasticidade, sustentação e firmeza para a pele. "
Atenção: Os radicais livres são responsáveis por destruir as fibras de elastina. Por esse motivo, é importante manter hábitos saudáveis e evitar exposição solar sem proteção.

Detalhes: A elastina pode ser resposta através da alimentação, suplementação e estímulos da síntese através de massagens e exercícios.

Recomendamos o melhor colágeno de 2020:
Avane Skin da Biosanté

(com Verisol + Ácido Hialurônico)

descontos de até 41% para leitores

Deixe um comentário