6 dicas para acabar com a flacidez

Compartilhe com seus amigos!

A flacidez nada mais é do que a falta de sustentação da pele, que por diversos motivos que serão apresentados ao longo do artigo, não conta mais as fibras que cumprem esse papel. Apesar de não ser uma doença, a flacidez pode impactar na qualidade de vida e também na autoestima de quem sofre com o problema.

Nos parágrafos a seguir você confere mais informações sobre as causas da flacidez e muitas dicas para acabar definitivamente com esse problema. Acompanhe o artigo até o final e não deixe de compartilhar com os amigos nas redes sociais.

Vamos lá!

Principais causas da flacidez

causas da flacidez

Um dos principais motivos para a aparição da flacidez é a chegada da idade. Quanto mais envelhecemos, mais as proteínas responsáveis pela sustentação da pele diminuem. Elas são o colágeno e a elastina.

O colágeno é uma das principais proteínas do corpo, pois é responsável pela constituição da matriz extracelular e do tecido conjuntivo, ou seja pela formação da pele e suas extensões. Já a elastina é uma proteína que confere elasticidade para a pele, permitindo que ela se estique e volte ao normal sem deformações.

Ambas são produzidas naturalmente em processos bioquímicos ao longo da vida, mas isso diminui drasticamente após os 25 anos de idade. Logo, é preciso procurar formas de repor essas substâncias para evitar que a flacidez apareça de forma precoce.

A perda de massa muscular também impacta o surgimento da flacidez porque o corpo deixa de contar com um músculo que dá sustentação à pele em um determinado local, ficando só com a pele. Essa, inclusive, é uma das consequências do envelhecimento. Pessoas com mais de 70 anos podem contar com até 40% menos músculos e força que uma pessoa de 30 anos, por exemplo.

O efeito sanfona é uma das outras causas por trás da flacidez, pois já que o corpo não tem tempo suficiente para se recuperar, o metabolismo é prejudicado e faz com que a síntese de colágeno e elastina não seja bem sucedida. Dessa forma, a pele se torna flácida principalmente na barriga, nos braços e nas pernas. O mesmo acontece com pessoas que fazem cirurgias como lipoaspiração e bariátrica, que eliminam a gordura rapidamente ou até mesmo gestantes durante o período de pós parto.

efeito sanfona flacidez

Muitas pessoas não sabem, mas a exposição solar pode levar à flacidez. Isso acontece porque a radiação ultravioleta destrói as fibras de elastina e a exposição constante sem proteção impede que a sua síntese aconteça. Logo, pessoas de pele mais clara estão mais propensas a sofrer com o problema, visto que a pele absorve muito mais os impactos dos raios solares.

A exposição solar também oxida o organismo, acelerando o processo de envelhecimento, pois ajuda na proliferação dos radicais livres que prejudicam o bom funcionamento das células. Abaixo você confere outros hábitos que oxidam o organismo e também podem causar flacidez:

  • Tabagismo;
  • Beber em excesso;
  • Alimentação desbalanceada;
  • Sedentarismo;
  • Dormir pouco;
  • Falta de hidratação.

Principais locais atingidos pela flacidez

flacidez abdominal

Os locais atingidos pela flacidez variam conforme as causas que te levaram a desenvolver esse problema. Mas, no geral, você pode ter:

  • Flacidez na barriga ou flacidez abdominal;
  • Flacidez no rosto, flacidez facial ou flacidez dérmica;
  • Flacidez nos membros: pernas ou braços;
  • Flacidez nos seios;
  • Flacidez no bumbum.

Tipos de flacidez

A flacidez corporal pode ser classificada em dois tipos:

  1. Flacidez tissular: é a flacidez da pele, causada pela falta de elastina e colágeno. Está ligada a estética e não causa problemas de saúde, mas pode prejudicar a autoestima, pois é visível;
  2. Flacidez muscular: é a flacidez dos músculos, mais comum na terceira idade quando os músculos começam a atrofiar. Além de prejudicar a sustentação, a flacidez muscular também faz com que o indivíduo tenha menos força para realizar as atividades cotidianas.

6 dicas para eliminar a flacidez

dicas para eliminar flacidez
Agora que você já conhece todas as causas da flacidez e também as suas classificações, é hora de anotar algumas dicas para acabar com esse problema de uma vez por todas. Não esqueça de contar com supervisão médica antes de realizar qualquer tipo de mudança drástica no seu estilo de vida.

  1. Faça exercícios regularmente: a melhor forma de fortalecer a musculatura e a pele é através de exercícios, como a musculação. Para construir uma rotina focada na eliminação ou prevenção da flacidez, conte com o auxílio de um personal ou instrutor de educação física;
  2. Evite o efeito sanfona: para manter a integridade das fibras de elastina, evite emagrecer e engordar em um curto período de tempo. Se for inevitável por motivos de gestação ou alterações hormonais, por exemplo, não deixe de praticar exercícios para tonificar a pele e os músculos;
  3. Tenha uma alimentação adequada: priorize o consumo de alimentos antioxidantes, naturais e uma alimentação balanceada. Dessa forma, irá contribuir para o bom metabolismo das proteínas que sustentam a pele;
  4. Faça suplementação de proteínas: não espere a flacidez chegar para incrementar a sua alimentação com as proteínas que podem fazer a diferença pela sua pele. Invista no melhor colágeno disponível no mercado: o verisol. Consulte o artigo verisol bula para mais informações e dados sobre a eficácia do produto.
  5. Evite exposição solar: evite expor a sua pele ao sol ou utilize um fator de proteção que realmente evite os danos causados pelos raios ultravioletas. Utilizar uma proteção na cabeça também contribui para que a flacidez facial seja evitada, bem como as linhas de expressão e rugas;
  6. Beba água: a água é a melhor amiga da pele e de todo o nosso organismo. Sem água, a elasticidade da pele é prejudicada, além de atrapalhar a renovação celular responsável pela beleza e jovialidade da cútis. Portanto, beba água regularmente.

Com essas 6 dicas básicas, você já pode ter uma pele mais firme e livre de flacidez. Tem mais alguma dica para compartilhar? Deixe seu comentário!

Compartilhe com seus amigos!

Citação: "A flacidez pode ser classificada em dois tipos: tissular (pele) ou muscular (músculos). "
Atenção: As principais áreas afetadas pela flacidez são: rosto, barriga, pernas, braços e seios.

Detalhes: A flacidez é causada pelo processo natural de envelhecimento que degrada a elastina e o colágeno, proteínas responsáveis pela firmeza e elasticidade da pele.

Recomendamos o melhor colágeno de 2020:
Avane Skin da Biosanté

(com Verisol + Ácido Hialurônico)

descontos de até 41% para leitores

Deixe um comentário