Tudo sobre queratina para cabelo, pele e unhas

Compartilhe com seus amigos!

Você sabia que a queratina é uma proteína muito importante para a manutenção da nossa beleza? Ao contrário do que muita gente pensa, essa substância faz maravilhas não só no cabelo, mas também na pele e nas unhas.

Para descobrir mais sobre a queratina, suas funções e benefícios, basta ler o post até o final!

Qual a função da queratina?

Conforme dito no começo do artigo, a queratina é uma proteína. Ela é formada por 20 aminoácidos e suas funções são proteger e impermeabilizar o organismo e ajudar na formação de várias partes do corpo, como a pele, unhas e cabelo. É por isso que diversos cosméticos contam com a substância na fórmula.

queratina para pele unhas cabelo

Sem a queratina não seria possível reter a água, responsável por promover a hidratação da pele e suas extensões, por isso ela é tão importante para a beleza e também para a saúde.

A queratina não é um nutriente exclusivo do ser humano, outros animais também contam com ela, sendo possível encontrá-la nos pelos, chifres e unhas.

Apesar de ser produzida naturalmente, é preciso adotar alguns hábitos para que sua síntese seja feita corretamente, como veremos adiante. Além disso, também é possível fazer a sua reposição de forma tópica através dos cosméticos.

Queratina para cabelo

queratina para cabelo

Antes de procurar uma queratina para chamar de sua, saiba que ela está disponível em formatos diferentes e pode ser a solução para tratar as suas madeixas e deixá-las ainda mais bonitas.

Veja abaixo os 3 principais tipos de queratina:

  1. Queratina líquida: essa é a forma mais concentrada da proteína. Geralmente é aplicada diretamente nos fios por um profissional ou é diluída em casa em cremes para hidratação caseira;
  2. Queratina hidrolisada: esse tipo de queratina é utilizado em cosméticos reconstrutores e é utilizada para salvar cabelos extremamente danificados, devido ao seu alto poder de absorção e ação nos fios.
  3. Queratina hidrogenada: diferente da queratina hidrolisada, a hidrogenada proporciona um efeito de reparação e reconstrução mais leve e, por isso, é a mais encontrada nos cosméticos. Dessa forma, não é recomendada para cabelos extremamente danificados.

Vale lembrar que a queratina não deve ser utilizada diariamente, nem mesmo a hidrogenada. O uso diário pode pesar o cabelo e trazer efeitos indesejados, como a oleosidade e a perda de brilho, por exemplo.

Para evitar problemas na hora de utilizar a queratina no cabelo, conte sempre com a ajuda de um cabeleireiro.

Aprenda a estimular a síntese de queratina

Não adianta nada ter queratina em abundância nos tecidos e não aproveitar tudo o que a proteína pode fazer por nós. Por esse motivo, existem algumas formas de estimular a sua síntese e contribuir para o funcionamento correto da substância em nosso organismo.

O primeiro deles é o consumo de enxofre. Esse mineral é capaz de produzir a queratina e suas ligações ajudam na resistência dessa proteína e outras importantes para a pele também, como o colágeno e elastina. Você pode aumentar os níveis do enxofre através de suplementação ou alimentos ricos no mineral:

  • cebola;
  • oleaginosas;
  • alho;
  • frutos do mar.

Outra forma de promover o metabolismo de queratina é através do consumo de vitamina A. Esse nutriente é importante porque auxilia na saúde dos cabelos e das unhas, além de ajudar no processo de renovação das células e do couro cabeludo.

As vitaminas do complexo B (em especial a biotina) são responsáveis pela síntese dos 20 aminoácidos que compõe queratina e ainda ajudam na manutenção da beleza da pele, unhas e cabelos. Contudo, diferente da maioria das vitaminas, as vitaminas Bs não são produzidas organicamente por nós, por isso é preciso consumir alimentos ricos na substância para manter os níveis equilibrados. Para isso, invista em:

  • vegetais verdes;
  • fígado;
  • abacate;
  • peixe;
  • oleaginosas.

Outra forma de ajudar na produção da proteína é utilizando ampolas, cremes e outros cosméticos de uso tópico nos fios, pele e nas unhas.

Benefícios da queratina

beneficios queratina
Conforme dito anteriormente, a queratina tem o poder de reter a água nos nossos tecidos e organismo e, portanto, tem papel fundamental na hidratação da pele e extensões. Essa retenção traz diversos benefícios para a beleza.

Na pele, a presença da queratina aumenta o brilho, viço e volume dela. Também ajuda a prevenir rugas, linhas finas e flacidez, uma vez que impede a desidratação da pele.

Nas unhas, a queratina aumenta a resistência, o brilho e ajuda a conquistar unhas mais longas e bonitas.

Já no cabelo, onde os seus efeitos são mais conhecidos, ela consegue reconstruir, alinhar e dar brilho aos fios. A queratina consegue salvar até mesmo os cabelos mais prejudicados pela química e excesso de calor.

Além de todos os benefícios, a queratina ainda protege pele, unhas e cabelos contra os fatores externos, como o clima, exposição solar e hábitos que causam a desidratação, como consumir bebidas alcoólicas.

E você, já sabia da importância da queratina? Se tiver alguma dúvida é só deixar um comentário. Aproveite para conhecer também o botox capilar.

Compartilhe com seus amigos!

Citação: "A queratina é uma proteína que ajuda na saúde e beleza da pele, unhas e cabelos. "
Atenção: A queratina pode ser estimulada através do consumo de minerais e vitaminas como o enxofre e a biotina.

Detalhes: A queratina é responsável pela formação e retenção de vários tecidos do corpo humano.

Recomendamos o melhor colágeno de 2020:
Avane Skin da Biosanté

(com Verisol + Ácido Hialurônico)

descontos de até 41% para leitores