Como acabar com o sulco nasolabial

Compartilhe com seus amigos!

O sulco nasolabial, também conhecido como bigode chinês e sulco nasogeniano, é a linha de expressão que vai do nariz à boca, e aparece sempre que realizamos alguma expressão facial. Em geral, o sulco nasolabial começa apenas como uma ruga dinâmica, mas pode se acentuar e virar uma ruga estática, caso não seja tratado da forma correta.

Então, se você quer saber mais informações sobre os motivos por trás desse incômodo estético e como acabar com ele, leia o artigo até o final!

Sulco nasolabial: principais causas

causas sulco nasolabial

As principais causas por trás do sulco nasolabial estão relacionadas a oxidação do organismo e o processo natural de envelhecimento. Esses dois fatores podem acontecer tanto em razão da idade e a diminuição da produção orgânica de algumas substâncias importantes para o organismo, quanto com hábitos que adotamos ao longo da vida.

Em relação ao processo natural de envelhecimento, podemos destacar a deficiência de dois nutrientes:

  1. Colágeno: o colágeno é a proteína que confere elasticidade, firmeza e sustentação para a pele. Por volta dos 25 anos, o seu nível de produção orgânica não é capaz de se manter sozinho, levando ao surgimento do sulco nasolabial e outras rugas e marcas na pele;
  2. Ácido hialurônico: o ácido hialurônico é responsável por blindar a pele contra os efeitos da poluição e também por evitar a oxidação acelerada do organismo, protegendo-o contra as consequências dos nossos maus hábitos, que você vai descobrir quais são mais adiante.

Sem essas duas substâncias, não é possível garantir resistência suficiente aos efeitos da gravidade e da idade, por isso a suplementação se faz tão necessária.

Já em relação aos hábitos que aceleram a oxidação do organismo e também ao aparecimento do sulco nasolabial, vale citar:

  • Dormir mal: além da falta de sono prejudicar os processos cognitivos e causar o desânimo, a privação do sono também acelera o surgimento de sinais precoces de velhice, já que o metabolismo não tem tempo suficiente para realizar os processos de regeneração dos tecidos, inclusive da pele;
  • Fumar: o tabagismo é um dos principais hábitos que aceleram o envelhecimento e o aparecimento de linhas de expressão, como o sulco nasolabial. Isso acontece porque o tabaco e a nicotina destroem as fibras de colágeno;
  • Exposição solar: nos horários indevidos e sem a proteção correta, ao invés de repor a vitamina D, você pode acabar sofrendo de fotoenvelhecimento e, na pior das hipóteses, desenvolvendo um câncer de pele;
  • Má alimentação: alimentos muito gordurosos, ricos em açúcar, processados e industrializados também aceleram a oxidação do organismo e contribuem para a aparição do sulco nasolabial e de outros sinais da idade.

Levando em consideração todos os motivos que contribuem para o surgimento do sulco nasolabial, fica fácil entender o que fazer para evitá-lo. Logo, durma pelo menos 8 horas por dia, invista em uma alimentação balanceada, evite tomar banho de sol sem protetor solar e, se possível, não fume ou consuma bebidas alcoólicas em excesso.

Claro que essas dicas acima se aplicam apenas a pessoas que ainda não possuem um sulco nasolabial estático e podem não funcionar se a ruga for consequência de fatores genéticos, por exemplo.

Tratamentos para o sulco nasolabial

tratamentos sulco nasolabial
Se mesmo tomando todas as precauções, o sulco nasolabial se mostrar um problema na sua face, existem alguns tratamentos que podem amenizar a linha de expressão e até mesmo acabar com ela.

Um dos menos invasivos e que possui estudos científicos que comprovam a sua eficácia é o uso de colágeno verisol, que possui peptídeos bioativos de colágeno, responsáveis por equilibrar os níveis da proteína no organismo e fornecer diversos benefícios para a beleza:

  • Redução de linhas finas e rugas como o sulco nasolabial;
  • Mais firmeza e sustentação para a pele, combatendo a flacidez;
  • Mais hidratação para pele e cabelos;
  • Fortalecimento das unhas e dos cabelos;
  • Redução da celulite.

Para potencializar os seus resultados, você pode buscar por suplementos que combinam o colágeno com ácido hialurônico, pois esse último é capaz de preencher as linhas de expressão e promover a hidratação de dentro para fora. Um bom exemplo de nutricosmético que é altamente eficaz no tratamento do bigode chinês e que conta com os dois ingredientes é o Avane Skin da Biosanté.

Na hora de comprar dermocosméticos, como cremes anti-idade e outros cosméticos que prometem acabar com o sulco nasolabial, busque por aqueles que contam com colágeno na composição, assim como os nutricosméticos, pois estes estimulam a produção natural dos nutrientes.

Alguns tratamentos estéticos também podem ajudar a suavizar a linha de expressão, como o peeling químico e a radiofrequência. Contudo, se os tratamentos não invasivos não forem suficientes para eliminar a marca do bigode chinês do rosto, você pode optar pela aplicação de botox ou realizar um preenchimento da área com ácido hialurônico, desde que indicado por um dermatologista de confiança.

O importante é que você se sinta feliz com a própria aparência e com a imagem que o seu espelho reflete. Tem alguma dica legal para acabar com o sulco nasolabial? Compartilhe conosco nos comentários!

Compartilhe com seus amigos!

Citação: "Sulco nasolabial ou nasogeniano é o nome pelo qual a comunidade médica chama o bigode chinês. "
Atenção: Para eliminar o sulco nasolabial e antes de seguir as dicas do artigo, consulte sempre um dermatologista de confiança.

Detalhes: O sulco nasolabial pode ser evitado com boa alimentação, boas noites de sono, uso de protetor solar diariamente e suplementação com colágeno e ácido hialurônico.

Recomendamos o melhor colágeno de 2020:
Avane Skin da Biosanté

(com Verisol + Ácido Hialurônico)

descontos de até 41% para leitores

Deixe um comentário